Distribuidores

Umidade no sistema de refrigeração

Conheça como ela atua e as formas de combatê-la.

 Muitas vezes a umidade causa transtornos no sistema de refrigeração, gerando impactos negativos tanto para o compressor quanto para o refrigerador. Evitá-la e combatê-la é tarefa que todo refrigerista deve estar preparado para cumprir. Primeiramente, vamos entender as maneiras mais comuns para a
umidade entrar no sistema de refrigeração e o que podemos fazer para evitar que isso aconteça. A umidade presente no ar é um contaminante que pode entrar no sistema por meio de rachaduras, de rompimento da tubulação ou de microfuros, que permitem que o ar entre no circuito (junto com ele, entra a umidade). Porém, a umidade também pode vir do processo de montagem ou manutenção em sistemas de refrigeração. O quadro mostra como isso ocorre e as maneiras de corrigir o problema. Para sistemas contaminados com umidade, recomenda-se a substituição do compressor, e não somente do óleo lubrificante. Durante o funcionamento do compressor em presença de umidade, ocorre a degradação do óleo lubrificante, tornando-o escuro e mal cheiroso, além de alterar sua densidade e função. Assim, o óleo perde a sua capacidade de lubrificação e torna-se ácido, causando maior desgaste do compressor, diminuindo sua vida útil. Algumas consequências comuns da umidade no compressor e no sistema de refrigeração são:

 


 Da esquerda para a direita, óleo bom, óleo aceitável e óleo com umidade.
  • Piora no desempenho do sistema, causada pela presença de líquido nos dutos, que dificulta a troca de calor no evaporador e expansão do gás;
  • Aumento no consumo de energia elétrica pela perda de capacidade de lubrificação do óleo e obstrução da tubulação, fazendo com que o compressor tenha que funcionar por mais tempo.

Fragilização das válvulas de sucção/descarga, podem levá-las ao rompimento.
Fragilização das válvulas de sucção/descarga, podem levá-las ao rompimento.
Curto-circuito do motor elétrico em função da degradação do isolamento das bobinas.
Curto-circuito do motor elétrico em função da degradação do isolamento das bobinas.
Carbonização e degradação de partes metálicas e do óleo.
Carbonização e degradação de partes metálicas e do óleo.
              Importante: antes de trocar o compressor, é preciso identificar a causa do problema da umidade, conforme explicado anteriormente. Em caso de dúvidas, consulte o quadro.                  

Este site utiliza cookies. Ao utilizar este site você está de acordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Find out more