Distribuidores

Embraco celebra Dia Mundial do Meio Ambiente com lançamento de relatório do Pacto Global da ONU

embraco relatório sustentabilidade 2017

Signatária do acordo desde 2004, companhia demonstra como os resultados alcançados em diversas frentes contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030

• Nos últimos três anos, a empresa reciclou e reinseriu na indústria 20 mil toneladas de materiais;

• Entre 2016 e 2017, houve economia de 48 milhões de litros de água em processos produtivos da Embraco, volume suficiente para o consumo anual de 1.200 pessoas;

• Considerando toda a água consumida, incluindo potável e não potável, 27% foram de reuso. Na unidade Compressores Joinville, índice de reaproveitamento é de 43%.

A Embraco, uma das maiores fabricantes de soluções de refrigeração do mundo, reduziu em 7,28% o consumo de energia elétrica entre os anos de 2016 e 2017 em todas as suas unidades. A empresa também consumiu 7,34% de água potável a menos e reciclou ou coprocessou 87% de todo o lixo gerado globalmente no ano passado.

Estes são alguns dos resultados que contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), parte integrante da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas). A iniciativa, que aborda aspectos ambientais, sociais e econômicos, propõe uma ação mundial coordenada entre a sociedade, setor privado e governos a fim de alcançar os ODS até 2030, melhorando a vida de pessoas em todo o Planeta.

A Embraco entende suas responsabilidades e papel no desenvolvimento sustentável da sociedade e, por isso, desde 2004, é signatária do Pacto Global da ONU, iniciativa que visa mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Os compromissos são colocados em prática por meio de atividades diárias, em todas as áreas. Especificamente sobre os pontos relacionados ao meio ambiente, busca-se constantemente potencializar ao máximo os impactos ambientais positivos em todo o ciclo de vida dos produtos: desde o desenvolvimento de soluções de alta eficiência energética, gestão eficiente das operações e compartilhamento de valor com os diversos públicos da companhia, como clientes, fornecedores e comunidade.

A companhia está comprometida diretamente com pelo menos 11 dos 17 ODS. Confira abaixo os resultados alcançados naqueles que têm relação direta com o meio ambiente. Todos os demais podem ser conferidos em detalhe no relatório “Comunicação de Progresso, Relatório Simplificado de Sustentabilidade”, que a Embraco lançou neste dia 5 de junho. Este relatório também está disponível para consulta e download em seu website – www.embraco.com

energia limpa e acessível

ENERGIA – ODS 7: Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos

Eficiência energética é preocupação constante na Embraco, tanto em seus produtos e soluções quanto nas operações. A companhia alia seu conhecimento de quase 50 anos em engenharia, tecnologia e inovação para fazer produtos cada vez mais eficientes energeticamente e com maior capacidade de refrigeração. A tecnologia Fullmotion para compressores, de velocidade variável, capaz de reduzir este consumo em até 45%, é apenas um dos exemplos.

O cuidado com a energia elétrica também passa pela área de Novos Negócios da Embraco, que lançou recentemente o diili, com base na Internet das Coisas (Internet of Things, em inglês IoT), cuja inteligência gerada com a captação de informações geradas pelos aparelhos permite que as marcas de bebidas e alimentos gerenciem melhor seus produtos dentro de freezers e geladeiras presentes nos pontos de venda. A plataforma, que revoluciona a refrigeração comercial, tem o potencial de reduzir em até 15% o consumo de energia do refrigerador.

Já em suas fábricas, a Embraco implementou iniciativas voltadas à eficiência energética, todas com base na metodologia WCM (World Class Manufacturing ou Manufatura de Classe Mundial), resultando na queda de consumo global de energia elétrica (7,28%) nos anos de 2016 e 2017.

Um destaque vem da planta do Brasil, que faz o monitoramento online das linhas de produção por meio de sensores embutidos nas máquinas. Isto contribuiu para uma redução de 15% do consumo de energia elétrica por compressor produzido entre 2015 e 2017.

água potável e saneamento

ÁGUA – ODS 6: Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos

Para ajudar a atingir o ODS 6, a Embraco promove maior eficiência no processo, com ações que vão desde a instalação de redutores de fluxo de vazão em torneiras até a reutilização de água de chuva. Como resultado, no ano passado, conseguiu reduzir em 7,34% o consumo de água potável globalmente.

Para cada compressor produzido, foram utilizados 18 litros de água, dois a menos que em 2016. Na prática, a empresa evitou gastar 48 milhões de litros de água no processo produtivo, o suficiente para o consumo anual de 1.200 pessoas. Considerando toda a água consumida pela empresa, incluindo potável e não potável, 27% foram de reuso. Na unidade de Compressores de Joinville, a eficiência do processo ainda é mais evidente: somente 12,5 litros por compressor produzido em 2017. Já quando o assunto é reuso de água, esse número sobe para 43%.

consumo e produção responsáveis

RESÍDUOS – ODS 12: Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

Com o intuito de reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso, a Embraco pensa primeiro em como evitar e reduzir a geração de resíduos e depois segue a maneira correta de reutilizar, reciclar ou recuperar (5Rs).

A operação Nat. Genius, responsável pela logística reversa de eletroeletrônicos, é um dos principais meios para garantir números positivos para o atingimento de metas ambientais. Só nos últimos três anos, reciclou e reinseriu à indústria 20 mil toneladas de materiais. A operação, que é referência em economia circular pela Fundação Ellen MacArthur, ajuda na melhor destinação e ainda agrega valor aos resíduos. O Nat.Genius, inclusive, levou a Embraco a participar, pela 8ª vez, do ranking das empresas mais sustentáveis do Brasil, na categoria Eletrônica, no Guia Exame de Sustentabilidade 2017.

E, se globalmente, 87% de todo o resíduo gerado foi reciclado ou coprocessado, na unidade Compressores Joinville o índice é ainda maior: 99,8%. A fábrica também zerou o envio de lixo industrial ao aterro em 2015 e a unidade de eletrônicos da China conseguiu zerar em 2016. As outras unidades estão no mesmo caminho.

Tudo isso começa com a separação correta de resíduos na companhia, que aborda o tema desde a ambientação de novos colaboradores, que passam por treinamentos periódicos, até a realização de eventos dedicados ao meio ambiente durante o ano. Todas as linhas produtivas são mapeadas com procedimento próprio de segregação de resíduos, sendo possível tirar um extrato do inventário de cada rejeito.

 

Este site utiliza cookies. Ao utilizar este site você está de acordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Find out more