Distribuidores

Vending Machine: um mercado em expansão

mercado máquina venda produtos autoserviço

O que são as “Vending Machines”?

Na tradução literal do inglês, Vending Machine significa “máquina de venda”. Também conhecidas como máquinas automáticas de autosserviço, elas vendem produtos variados como, por exemplo, cafés, lanches, doces, refrigerantes e salgados. Basta que o cliente coloque o valor estipulado na máquina e aguarde o seu produto ser liberado.

O surgimento dessas máquinas aconteceu no início dos anos 1880, para a venda de cartões postais, em Londres. No ano de 1888, elas se tornaram conhecidas nos Estados Unidos com a venda de chicletes e ficavam localizadas em plataformas de metrô. No Brasil, a primeiras máquinas só chegaram há pouco mais de 20 anos.

Nos últimos anos, as vending machines começaram a se popularizar em nosso país, trazendo praticidade e comodidade para pessoas com um estilo de vida cada vez mais acelerado.

Atualmente, conforme dados da Associação Brasileira de Vendas Automáticas (ABVA), o Brasil já conta com aproximadamente 80 mil máquinas instaladas, um crescimento de quase 100% em dez anos, que movimentam anualmente cerca de R$ 1 bilhão em nosso país.

No Brasil, a média é uma vending machine para cada 2500 habitantes. Nos Estados Unidos, a relação é de uma máquina para cada 90 habitantes e no Japão, país recordista, uma para cada 23 habitantes. Isso demonstra como o mercado brasileiro pode ser ainda mais explorado. Conforme a ABVA, o potencial de crescimento é enorme, tendo em vista a difusão das máquinas, diversificação dos meios de pagamento e pela familiarização do brasileiro com o uso delas.

A N&W Global Vending, líder mundial na produção de máquinas de vendas de lanches e de bebidas e que conta com mais de 2.000.000 de vending machines no mundo, estima um crescimento de 30% ao ano. Mas o mercado apresenta desafios. Com o aumento do dólar, os investimentos nas máquinas, que são todas importadas da Itália, são impactados. Além disso, o setor corporativo (escritórios e empresas), responsável por 80% do faturamento da N&W, apresenta uma baixa na demanda. Com escritórios mais enxutos e com cortes de benefícios, esses locais registram um índice maior de devoluções principalmente das máquinas de café.

Para se fortalecerem no mercado e enfrentar esses desafios, fabricantes, revendedores de máquinas, operadores e fornecedores de insumos recorrem a alternativas para desenvolver os negócios. Uma das soluções é baratear o custo operacional das máquinas para manter e conquistar novos clientes. “Nós sugerimos opções como operar a máquina de café e snack com um único sistema de pagamento, diminuindo o custo empregado em maquinário” conta Cíntia Cerqueira, responsável pelo departamento de Marketing da N&W. Além disso, eles também propõem a otimização da operação através do sistema de telemetria, que faz o monitoramento dos insumos da máquina, a fim de diminuir o custo operacional e melhorar a gestão de estoque.

Benefícios das vending machines para empreendedores

Empreendedores, que buscam investir e inovar em frente o cenário econômico de nosso país, podem observar muitos benefícios com as vending machines.

Além da comodidade para o dia a dia, as máquinas estão sempre à disposição do cliente, ocupam pouco espaço e podem ser instalados em locais com grande movimentação de pessoas como, por exemplo, parques, shoppings, metrôs, aeroportos, universidades, escolas e condomínios residenciais. Shows e grandes eventos, como as olimpíadas que acontecem no Rio de Janeiro esse ano, também são locais que oferecem oportunidades de grande faturamento.

Cíntia afirma que outros pontos que incentivam os usuários das máquinas são: fácil acesso, autoatendimento, preço atrativo e qualidade dos produtos.

Como o refrigerista pode estar preparado para esse mercado?

Entre os diferentes tipos de vending machines, estão aquelas que são refrigeradas e que armazenam produtos como comidas perecíveis, flores e bebidas.

Esses refrigeradores pertencem à linha comercial e podem exigir manutenções preventivas, que visam manter o sistema em bom funcionamento, e manutenções corretivas, que significa intervenções após falhas.

A manutenção geral das máquinas é feita com a limpeza das bandejas e vidros, verificação dos sistemas de pagamentos e revisão dos componentes de refrigeração. “Esse procedimento é necessário ser feito mensalmente ou de acordo com o ambiente onde estão instaladas”, afirma Cíntia.

As manutenções preventivas representam oportunidade para os refrigeristas, que podem fechar parcerias com os fornecedores ou donos de vending machines. A N&W, por exemplo, mantem uma parceria com a empresa Brastecnica, de São Paulo, que realiza o trabalho de manutenção dos refrigeradores. Essas revisões previnem problemas futuros e garantem melhores condições de operação do equipamento, aumentando a sua vida útil.

Para se preparar para essas oportunidades, clique aqui e leia o nosso artigo que fala mais sobre as manutenções preventivas.

Este site utiliza cookies. Ao utilizar este site você está de acordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Find out more